Prefiro morrer a pagar dividendos, diz vice de Warren Buffett

Getty Images

Charles Munger, vice-presidente da Berkshire Hathaway

Charles Munger, vice-presidente da Berkshire Hathaway

“Acho que alguns de vocês irão viver para ver a Berkshire pagar dividendos, mas espero que eu não”. A frase polêmica é de Charles Munger, vice-presidente da Berkshire Hathaway, companhia liderada pelo famoso e bilionário investidor Warren Buffett.

Buffett tem evitado o pagamento de dividendos ou a recompra de ações, preferindo utilizar os recursos em novas aquisições ou participações em companhias rentáveis. Para ele, pagar dividendos seria admitir que não é capaz de investir todo o lucro da empresa.A aparente teimosia de Munger se dá pelo fato de a empresa evitar admitir que possa ser bastante difícil encontrar empresas interessantes para investir os 40 bilhões de dólares que a companhia possui em caixa.

“Cada dólar reinvestido pela Berkshire criou mais de um dólar em valor de mercado”, disser Buffett em encontro com investidores realizado no final de abril em Omaha, no estado americano Nebraska.

Ele reconheceu, contudo, que poderá chegar um momento, “e quem sabe quão cedo”, que os números fiquem tão grandes que a companhia não será hábil para usar os recursos de uma maneira que possa servir aos acionistas, disse.

“Acho que algum dia pagaremos dividendos”, disse Munger hoje em uma reunião com acionistas da Wesco Financial Corp, empresa da Berkshire a qual ele preside. Munger tem 87 anos.

fonte: Exame

Bill Gates foi às compras, Warren Buffett foi “às vendas”

gurus-3bf6

Nos primeiros três meses de 2010, o fundo de Bill e Melinda Gates quase duplicou a sua posição nas ações da maior cadeia de supermercados mundial, a Wal-MartWarren Buffett desfez-se de quatro ações e reduziu a posição em nove.

Juntos têm 100 mil milhões de dólares de património, mas é pela bolsa que são conhecidos. Um por ter liderado uma das mais frutuosas relações de amor entre accionistas e uma empresa, com a Microsoft, e o outro por gerir desde os anos 1960 a antiga têxtil Berkshire Hathaway que é hoje um gigante nos seguros e que mantém o impressionante registo superior a 20% por ano nas suas aquisições accionistas.

Warren Buffett e Bill Gates deram ontem a conhecer as apostas nos mercados accionistas da Berkshire Hathaway e da Bill & Melinda Gates Foundation Trust durante o primeiro trimestre de 2010 e, se Gates esteve mais comprador, Buffett passou os três meses a vender.

As excepções do “oráculo de Omaha”, como é conhecido Buffett, fizeram-se para reforçar acções que já tinha em carteira, como a Republic Services, que opera no sector do lixo, a Becton Dickinson, da área da saúde e a Iron Mountain, de gestão de informação.

Ler mais

Frases do Warren Buffett

buffett

buffett“As ações são o maior mecanismo de transferência de riqueza dos apressados aos tranquilos.” (Warren Buffett)

“Regra nº1: Nunca perca dinheiro. Regra nº2: Nunca esqueça a Regra nº1.”

“As ações são simples. Basta escolher grandes empresas gerenciadas por pessoas competentes e íntegras e comprar suas ações por um preço inferior ao seu valor intrínseco. Depois, basta manter essas ações para sempre.”

“Para toda bolha existe um alfinete à espreita, e, quando os dois enfim se encontram, uma nova onda de investidores aprende algumas lições bem antigas”

“Tenha medo quando os outros são gananciosos e seja ganancioso enquanto os outros estão com medo”

“Não precisamos ser mais espertos que os outros; precisamos ser mais disciplinados do que os outros”

“Você deve investir seu dinheiro numa empresa que até um idiota consiga administrar, porque um dia um idiota o fará”

Quero dar a meus filhos bastante dinheiro para que possam fazer o que quiserem, mas não dinheiro o bastante para que não façam nada.

Alguém está sentado na sombra hoje porque alguém plantou uma árvore há muito tempo.

Seria Warren Buffett o último value investor? Para Motley Fool, esta prática resistirá

warren-buffett-young

warren-buffett-youngApoiando-se no legado deixado por Benjamin Grahame David Dodd, Warren Buffett pode ser considerado atualmente o principal seguidor do value investing, talvez o último deles. Isso porque esta estratégia de investimento, bastante utilizada no passado, teve de ser adaptada ou mesmo substituída ao longo das últimas décadas. Mas para a publicação norte-americana Motley Fool, o futuro do value investment está garantido, basta olhar para o sucesso alcançado por seus seguidores.

De forma simplificada, os value investors são investidores que compram ações com foco em seus descontos em relação ao valor intrínseco da companhia, ou seja, papéis com múltiplos baixos. Esta opção de investimento, contudo, é vista por muitos como ariscada, mas para megainvestidores como Buffett, são oportunidades de multiplicar cifras.

Em 1965, quando Buffett chegou ao controle da Berkshire, uma empresa do ramo têxtil que também vendia seguros, as ações da companhia valiam menos de US$ 10 cada. No fechamento da última sexta-feira (15), as mesmas ações valiam US$ 97.500. Como se isso não bastasse, a Berkshire se tornou uma holding que possui participações importantes em companhias como Coca-Cola, Gillette, American Express, Conoco Phillips e bancos como Wells Fargo e Goldman Sachs.

Ler mais

Warren Buffett faz sua maior aquisição

warren_buffett

warren_buffettO fundo Berkshire Hathaway, controlado pelo mega investidor Warren Buffett, anunciou a compra da Burlington Northern Santa Fe, umas das maiores companhias ferroviárias dos Estados Unidos, por 44 bilhões de dólares. A aquisição é a maior já feita pelo fundo sob a gestão de Buffet. O Berkshire Hathaway vai adquirir 77,4% dos papéis da Burlington Northern Santa Fe que ainda não detém por 100 dólares cada, e também concordou em assumir uma dívida de 10 bilhões de dólares.
“Isso tudo é uma aposta no futuro da economia dos Estados Unidos”, afirmou Buffet sobre a negociação. O bilionário acredita que a alta dos preços do diesel deve manter o transporte por ferrovias mais competitivo que o rodoviário..