Tirinha do Dahmer

Tirinha

Tirinha

Semana da Bolsa de Valores (26 a 30 de janeiro de 2009)

Sexta (30) – Mercado inicou os trabalho já com um GAP de baixa, seguindo mercado externo, chegou a se recuperar rapidamente, pois a força compradora estava forte e no final do dia não aguentou a pressão vendedora e cedeu, fechando em leve baixa. O que nos leva a imaginar que, dependendo como começe a segunda (2), teremos grandes emoções. DJ se perder os 8000 pontos, podemos estragar a semana inteira. E caso o DJ suba, poderemos até retomar a idéia que poderemos aqui no IBOVESPA passar os 41.000 pontos.

Quinta (29) – Demos uma realizada saudável (por enquanto), entregando o que ganhamos.

Quarta (28) – Dia bom com fechamento Positivo, puxado principalmente pelas ações da VALE.

Terça (27) – Dia de acumulação e com apenas uma leve alta.

Segunda (26) – Dia positivo onde abrimos o IBOVESPA em 38.130 e fechamos em 38.509.

Novo horário no Mercado Americano

Os EUA e o Canada saíram do horario de verão neste domingo, atrasando seus relógios em uma hora.

O mercado norte-americano de acoes – das 12h30 as 19h (de Brasilia).

No viva -voz da New York Mercantile Exchange (Nymex), contratos futuros de petroleo e derivados passarao a ser negociados das 12h as 17h30 (de Brasilia).

Na Comex, divisao da Nymex, contratos futuros de cobre passarao a ser negociados das 11h10 as 16h (de Brasilia), futuros de prata das 11h25 as 16h25 (de Brasilia) e futuros de ouro das 11h20 as 16h30 (de Brasilia).

No viva-voz da Chicago Mercantile Exchange (CME), futuros e opcoes de moedas, inclusive do real brasileiro, passarao a ser negociados das 11h20 as 18h (de Brasilia) e opcoes e futuros dos indices de acoes Dow Jones, Nasdaq-100 e S&P-500 das 12h30 as 19h15 (de Brasilia).

A defasagem de 1 hora no encerramento entre o mercado americano e o brasileiro pode trazer mais preocupações. A atenção deve ser redobrada para posições abertas no final do pregão. Principalmente considerando a fase de intensa volatilidade que vivemos nas bolsas.

Empresas brasileiras perdem US$ 89,5 bilhões em um dia

Levantamento realizado pela consultoria Economática aponta que as empresas brasileiras perderam US$ 89,5 bilhões em valor de mercado em um dia, de ontem para hoje (15). O estudo considera 294 empresas.

Segundo a consultoria, no dia 14 as companhias somavam valor de mercado de US$ 691,261 bilhões. Nesta quarta elas fecharam em US$ 601,663 bilhões

Nos Estados Unidos, ainda segundo o levantamento da Economática, o valor de mercado de 1.237 empresas norte americanas estudadas caíram US$ 990 bilhões em um dia. A soma caiu de US$ 10,959 trilhões para US$ 9,968 trilhões.

As três maiores quedas entre empresas americanas e brasileiras são do setor de petróleo e gás. A Exxon Móbil tem a maior queda individual de valor de mercado já que hoje perdeu US$ 52,5 bilhões, a segunda maior queda é o da Petrobras com US$ 21,4 bilhões e a terceira é a Chevron com perda de valor de US$ 17,5 bilhões.

A Vale do Rio Doce aparece em

Ler maisEmpresas brasileiras perdem US$ 89,5 bilhões em um dia

CLARO: iPhone pode representar 20% das vendas mensais da operadora

A Claro acredita que o iPhone, que começa a ser vendido na próxima sexta-feira, dia 26, chegue a representar 20% do total das vendas líquidas mensais da operadora. O lançamento oficial do aparelho 3G (terceira geração) da Apple acontece hoje em São Paulo.
Em teleconferência agora há pouco, João Cox, presidente da Claro, disse que serão priorizados os consumidores que efetuaram cadastro no site solicitando informação sobre o produto. Na primeira semana de cadastro, em junho, foram 100 mil pessoas.
O primeiro lote de iPhones de 8 gigabytes (GB) e de 16 GB que chega ao Brasil é de 30 mil aparelhos. “Os aparelhos serão entregues me casa para quem comprar por telefone, a partir do contato que estamos fazendo. Além disso, 25 lojas próprias da Claro em todo o país efetuarão a venda. É de se esperar que faltem aparelhos nessa primeira etapa”, afirmou Cox, que evitou dizer o total de pessoas cadastradas no site da empresa. “Não vou informar isso. Vamos deixar a Vivo curiosa…”, ironizou. Segundo Cox, o subsídio dado ao iPhone é elevado, bem superior ao que é oferecido a outros aparelhos 3G. O aparelho de 8 GB custa

Ler maisCLARO: iPhone pode representar 20% das vendas mensais da operadora

Bovespa cai 2,86% com incerteza sobre plano dos EUA

Depois da euforia da sexta-feira passada, o mercado brasileiro de ações voltou ao seu ramerrame, hoje focado sobre os desdobramentos do socorro que o governo norte-americano dará ao sistema financeiro. À espera dos detalhes do pacote de US$ 700 bilhões, encaminhado ao Congresso dos Estados Unidos no final de semana, os investidores adotaram a cautela. O temor de que os parlamentares possam dificultar a aprovação ou colocar medidas que encareçam a ajuda, por exemplo, levou muitos investidores a vender ativos e se refugiar em outros menos arriscados. As commodities, hoje, voltaram a desempenhar tal papel.

Ler maisBovespa cai 2,86% com incerteza sobre plano dos EUA

Estrangeiros mantém liderança entre os investidores da bolsa

Os estrangeiros responderam por 34,74% do volume total negociado na BM&FBOVESPA em agosto.
Apesar da pequena redução em relação a julho quando representavam 35,24% – eles lideram a movimentação financeira no mercado de renda variável. Os investidores institucionais ficaram com 28,65%, ante 28,83% no mês anterior. As pessoas físicas corresponderam a 24,28% da movimentação financeira de agosto, contra 24,47% em julho. No mesmo período, as instituições financeiras, ficaram com 9,8%, ante 9,1%; as empresas, com 2,48%, ante 2,27%; e o grupo identificado como ‘Outros’, com 0,05% contra 0,09% no mês de julho.
Bruno Azevedo / Agência Leia  

Bovespa registra 1ª entrada de capital externo em julho

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) registrou a primeira entrada de capital externo no mês de julho na sexta-feira da semana passada (dia 18), no total de R$ 125,112 milhões. Naquele dia, o índice Bovespa fechou o pregão em baixa de 0,20%, a 59.988 pontos, e registrou um volume financeiro de R$ 5,2 bilhões.

Com o resultado, o saldo de investimento estrangeiro no mês de julho está negativo em R$ 5,426 bilhões. No ano até o dia 18 deste mês, o saldo de capital externo é negativo em R$ 12,083 bilhões.

 fonte: AE

Novidades na GEFIP

fgts

fgtsNovidades na GEFIP surgiu através O Decreto nº 2.803/98, de 20 de outubro de 1998, que estabeleceu a obrigatoriedade de utilização da Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social – GFIP.
Brevemente a Caixa disponibilizará o programa SEFIP na versão 8.4, cujas principais novidades
serão:
– Criação do campo “Característica do Recolhimento”, para qualificar o recolhimento em
termos da especificidade de seu fato gerador, utilizado exclusivamente nos códigos 650 e
660, na entrada de dados do SEFIP.

Ler maisNovidades na GEFIP